Blog / News Fique por dentro das Novidades no Brasil e no Mundo

''Novo governo de Barack Obama vai preparar o caminho para o anticristo'' afirma

0 Comentários
703
10 Nov 2012
''Novo governo de Barack Obama vai preparar o caminho para o anticristo'' afirma

A reeleição de Barack Obama continua gerando polêmica entre líderes religiosos nos Estados Unidos, que após a derrota de Mitt Romney, insistentemente batem na tecla de que o caminho do país pode ser temeroso.

Dessa vez, Barack Obama foi alvo do pastor Robert Jefress, titular da Primeira Igreja Batista em Dallas, considerada uma megaigreja.

Durante um discurso, o pastor afirmou que a reeleição do presidente serviria de preparação para a ascensão do anticristo: "O presidente Obama não é o anticristo. Mas o que estou querendo dizendo é o seguinte: a direção que ele está escolhendo para levar nossa nação é uma preparação do caminho para o futuro reino do anticristo… Veja bem, quando o anticristo vier, ele não poderá, de repente, assumir o poder e fazer mudanças radicais. Ele não poderá, repentinamente, restringir a expressão religiosa nem o comércio. Se ele quiser fizesse algo assim, certamente causaria uma revolução que impediria seu reinado na Terra… Por isso, é preciso que ocorra uma mudança gradual, uma lenta erosão das leis de Deus e das liberdades pessoais. Se isso ocorrer ao longo de um grande período de tempo, será mais fácil”, argumentou o pastor.

Embora insatisfeito com a vitória de Obama, por sua postura de flexibilização do aborto e pró-união de homossexuais, o pastor também não indicou que os fiéis de sua igreja votassem em Mitt Romney, por ele ser mórmon, de acordo com informações do Christian Post.

Durante as prévias do Partido Republicano, o pastor Jefress manifestou apoio ao então pré-candidato Rick Perry, governador do Texas, e desaconselhou o voto em Romney: "Mitt Romney é mórmon, e ninguém aqui vai dizer o contrário. Mesmo que ele diga que Jesus é seu Senhor e salvador, ele não é um cristão. O mormonismo não é cristianismo. Mormonismo é uma seita. É um pouco hipócrita falar durante os últimos oito anos sobre como é importante elegermos um presidente cristão e, em seguida, passar a apoiar um não cristão”.

Quando Perry foi derrotado e a candidatura de Romney definida, o pastor então abrandou seu discurso em relação à seita mórmon: "Eu não mudei o meu discurso… Na verdade, nunca disse que os cristãos não deviam votar em Mitt Romney. Quando eu falei sobre a sua teologia. Ressaltei que há grandes diferenças teológicas entre mórmons e evangélicos, mas compartilhamos de muitos valores”, contornou Robert Jefress.


Fonte: Gospel Mais
0.0
Última Modificação: novembro 09, 2012 11:28
Artigos Relacionados: Matrículas para Projetos Culturais podem ser feitas até o dia 24 Assistência Social convida para reunião nesta quarta-feira (15) Em quatro anos, Paraná recolhe 265 mil toneladas de pneus velhos Leilão para contratar energia é adiado para abril Dengue: 18 municípios do Paraná estão em epidemia Maripá divulga a classificação do Teste Seletivo e convoca Aprovados para Educador Infantil e Profes Dom Odilo Scherer recebe título de Cidadão Honorário e é homenageado no Paraná Chega a quase dois mil o número de casos de dengue no Paraná Governo quer privatizar pátios do Detran Autor da emenda da maioridade penal diz que votação impôs derrota ao governo

Ainda não há comentários...

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.