Blog / News Fique por dentro das Novidades no Brasil e no Mundo

#BomDia - Não temas, há promessas de Deus para sua vida!

0 Comentários
447
02 Mai 2014
Depois destas coisas veio a palavra do SENHOR a Abrão em visão, dizendo: Não temas, Abrão, eu sou o teu escudo, o teu grandíssimo galardão.
Gênesis 15:1

Abrão, como até então era chamado, havia recebido uma promessa maravilhosa de Deus, que fez questão de explicar ao seu amigo – da terra de Ur – tudo aquilo que Ele estava por receber.

1ª lição – Deus sempre tem o melhor para nós. Não se desespere, espere com paciência no seu Senhor, no tempo certo Ele lhe mostrará que a demora era questão de estratégia, era necessário moldar nossas vidas para podermos usufruir com maior alegria aquilo que Ele já tinha preparado para o nosso futuro!

…Depois destas coisas…

A Bíblia é um livro rico em detalhes, nada do que está escrito foi colocado por acaso. Observe que no texto que acabamos de ler, Deus fez questão de registrar que depois de acontecer algumas coisas na vida do seu amigo Abrão – Ele envia a sua palavra a ele, mas, que coisas eram essas que Abrão teve que esperar para que a palavra do Senhor se manifestasse em visão em sua vida?

No capitulo anterior do texto supracitado, "essas coisas” que acontecia, na vida de Abrão eram guerras, e contextualizando para os nossos dias, poderíamos traduzir como as lutas e provações que somos levados a enfrentar dia a dia em nossas jornadas.

Deus somente permite dias de tormenta em nossas vidas, quando Ele já tem preparado um lugar de refugio para abrigar-nos. Onde podemos respirar os ares da esperança mesmo com ventos de repentinas provações.

2ª Lição – Em meio às guerras não desista de lutar, não se deixe ser vencido pelo medo. O nosso inimigo sabe as coisas grandiosas que o Senhor tem reservado para nós, e fará de tudo para impedir que cheguemos ao lugar de nosso repouso.

Voltando ao pai da nação da Israel, vemos como Deus sempre se lembra de suas promessas, e quando percebe que estamos por desistir, Ele aparece e nos faz relembrar tudo aquilo que nos prometeu.

Por que Deus usou a visão para falar com Abrão?

Porque Ele conhecia a sua estrutura humana. Muitas vezes somos levados a enxergar e a consolidar nosso futuro somente através de nossa vista, no sentido mais humano da palavra.

Gosto muito de uma frase do Pr. Myles Munroesobre a diferença entre vista e visão, onde ele diz; — o maior inimigo da visão é própria vista do ser humano.

E quando focamos somente no que vemos com os nossos olhos naturais, podemos cometer um grave erro – o de contemplarmos somente as nossas fraquezas em detrimento de nossas fortalezas.

Notemos que Abrão acabara de ouvir diretamente de Deus que o mesmo Senhor seria o seu escudo, promessa mais que suficiente para deixar qualquer pessoa alegre e sentindo-se protegida. Se não bastasse, Deus avisou ao patriarca que Ele mesmo seria o seu grandíssimo galardão.

Escudo – proteção em todos os momentos e jornadas.

Grandíssimo galardão – Deus garantiu ao seu servo que ele não seria defraudado por haver deixado sua terra e sua parentela, o mesmo Deus seria a sua herança.

3ª Lição – Deus nunca falha em suas promessas, nunca defrauda aqueles que nEle confiam, sempre recompensará com bênçãos espirituais e até mesmo materiais, aqueles que pela fé aceitam o desafio de caminharem junto ao perfeito plano de sua vontade.

Apenas nas duas afirmações – ser o Escudo e o Grandíssimo Galardão – Deus estava preenchendo o anelo por segurança e bem-estar do patriarca. Se acontecesse conosco, o que mais poderíamos pedir se o próprio Senhor nos garantisse tais promessas?

Poderia Abrão desejar algo mais, ou duvidar do cuidado de Deus?

Eu acredito que não! Porém, mesmo sendo um exemplo de fé, Abrão precisou de algumas doses de encorajamento da parte de Deus, para poder sentir-se mais tranquilo. Uma das maiores dificuldades que os seres humanos enfrentam ao entrarem em contanto com o sobrenatural de Deus, é o de olharem para suas limitações e não focarem suas energias (tempo, estudo, dedicação, amor, fé, devoção) na soberania de Deus. Deixamos de receber muitas bênçãos pelo fato de não entendermos como funciona o reino espiritual ao qual pertencemos.

Instintivamente, Abrão lança a pergunta desafiadora (enxergando somente com sua vista) a Deus:

Então disse Abrão: Senhor DEUS, que me hás de dar, pois ando sem filhos, e o mordomo da minha casa é o damasceno Eliézer?
Gênesis 15:2

… que me hás de dar… pois ando sem filhos…

A natureza humana versus o poder de Deus. Ainda bem que Deus não permite que nos afundemos em nossas limitações, mesmo vendo nossa frágil estrutura humana, cheia de dúvidas e errôneos conceitos, ainda assim, Ele estende sua misericórdia sobre nós e mostra que a única forma de destruir o império da duvida é através do escudo da nossa fé.

Na vida de Abrão não foi diferente, ao ver Deus – que a vista (e não a visão) – do grande patriarca estava em partes alicerçada nessa terra e não nos Céus, faz-lhe um convite que mudaria para sempre sua historia (assim como pode mudar a de todos nós, se acreditarmos que através de Jesus somos inseridos nas grandezas das promessas feitas por Deus aos filhos de Israel):

Então o levou fora, e disse: Olha agora para os céus, e conta as estrelas, se as podes contar. E disse-lhe: Assim será a tua descendência.
Gênesis 15:5

4ª  Lição – Sair da nossa zona de conforto e romper paradigmas.

Muitas vezes o único que precisamos é sairmos e ver além do teto de nossos próprios conceitos:

"Olha agora para os céus…”.

Era como se Deus estivesse dizendo: Abrão: deixe de olhar para sua condição, sua idade, seus problemas, deixa de colocar a esperança somente nas pessoas, vem para fora Abrão. O pedido do Senhor era um desafio que segue latente em nossas vidas, Ele continua chamando pessoas de seus lugares de derrota, de impedimentos, de limitações… e convidando-as a que por um minuto deixem sua capsulas do impossível, do natural, e mergulharem no mundo do tudo É POSSIVEL de Deus, um lugar onde a fé catalisa efeitos de milagres, tornando O NATURAL EM SOBRENATURAL em nossas vidas.

Deus levou Abrão para fora. Na maioria das vezes, nosso milagre está nos lugares ou momentos mais improváveis aos nossos olhos.

Nem sempre tocará em nossa porta, na comodidade de nossas poltronas do conforto espiritual, não seremos melhores nem mais prósperos (sinto tristeza se o seu conceito de prosperidade baseia-se somente no dinheiro) se não colocarmos em prática um principio importantíssimo: A fé move a mão de Deus em nosso favor, a obediência nos aproxima de sua face, e seus planos nos levam para um lugar reservado para nossa vitoria!

Quando Abrão olhou para os céus, ele pôde crer:

E creu ele no Senhor, e imputou-lhe isto por justiça.
Gênesis 15:6

5ª lição – É preciso mover para crer.

Uma vez crendo, nossa fé detona uma explosão de confiança em nossos corações, regando o nosso jardim de incertezas, fazendo assim florescer as flores de nossa segurança – mesmo em meio a tempos de guerra.

É necessário aceitarmos o convite de Deus, passear com Ele em momentos que nos chame, o patriarca poderia ter ficado no mesmo lugar, duvidando e reclamando de sua situação, mas não fez isto, acreditou naquele que estava a lhe chamar, olhou para as estrelas e desistiu de contá-las, eram milhares de milhares, abundância de luz e graça colocada no cosmos para mostrar a ele que Deus sempre tem o melhor para aqueles que nEle esperam.

E você, já olhou para as estrelas hoje?

Que a Paz de Deus console todos os corações abatidos, toda alma cansada, afligida, preocupada pelo futuro, pelas situações presentes, que o Senhor fortaleça todos aqueles que estão desanimados em suas tendas de impossibilidades e que possam olhar para os céus e ver a gloria de Deus sendo derramada sobre suas vidas:

Em Cristo Jesus,

Amem!


"Receba mensagens de bençãos diárias curtindo a minha página no...

facebook: www.facebook.com/escritorrodrigofaria

Também estou no Twitter: twitter.com/PastorFaria


0.0
Última Modificação: abril 28, 2014 11:54
Artigos Relacionados: Matrículas para Projetos Culturais podem ser feitas até o dia 24 Assistência Social convida para reunião nesta quarta-feira (15) Em quatro anos, Paraná recolhe 265 mil toneladas de pneus velhos Dengue: 18 municípios do Paraná estão em epidemia Maripá divulga a classificação do Teste Seletivo e convoca Aprovados para Educador Infantil e Profes Leilão para contratar energia é adiado para abril Dom Odilo Scherer recebe título de Cidadão Honorário e é homenageado no Paraná Chega a quase dois mil o número de casos de dengue no Paraná Paraná vai amanhecer com geadas e temperaturas negativas, diz Simepar Agentes penitenciários decretam greve geral no Paraná

Ainda não há comentários...

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.