Blog / News Fique por dentro das Novidades no Brasil e no Mundo

Ministério público denúncia Pr. Silas Malafaia por orar por senador do PT

0 Comentários
554
05 Nov 2013
Ministério público denúncia Pr. Silas Malafaia por orar por senador do PT

As eleições se aproximam e os candidatos não evangélicos começam a buscar ‘intensamente’ a oração.

Por que somente alguns políticos são convidados  para receberem a oração? Os outros não precisam? A oração faz parte de uma estratégia política?

Sugiro que as opiniões sobre o artigo sejam feitas à luz da política, não tecendo comentários a respeito do ministério eclesiástico dos pastores.

A participação do senador Lindbergh Farias (PT) no culto do pastor Silas Malafaia rendeu críticas de outros políticos e agora um processo. O Ministério Público Eleitoral do Rio de Janeiro está denunciando os dois por "propaganda eleitoral antecipada”.

Lindbergh é candidato do PT ao governo do Rio de Janeiro, e por este motivo sua participação no culto do dia 23 de outubro na igreja Assembleia de Deus Vitória em Cristo foi interpretada como um apoio político.

No vídeo postado pelo jornalista Lauro Jardim, na coluna Radar On-line, o pastor Silas Malafaia interrompe o culto e chama o senador para fazer uma oração por ele e por sua família.

Assista Ao Vídeo:


Antes de iniciar a oração Malafaia disse: "Quem sabe não estou orando pelo futuro governador”, disse o líder religioso fazendo os fiéis darem risada.

Por meio do Twitter, o pastor Silas Malafaia classificou a atitude como "piada do ano".
Twitter do Pr. Silas Malafaia


(Fonte: Gospel Prime, com adaptações e inserções de  Holofote.Net)

Veja os Comentários do Site Holofote.Net

Primeiramente é bom que todos saibam que o Ministério Público está agindo respaldado na lei. Não se deve entender a ação como uma perseguição religiosa.  Sejamos sóbrios.

Conforme vem informando a imprensa, o senador do PT, Lindbergh Farias, já visitou, nas últimas semanas, 63 igrejas no Rio de Janeiro. Possivelmente desde que foi eleito pela primeira vez em 1994 até os dias atuais, o petista não tenha ido a tantas igrejas evangélicas assim, em tão pouco espaço de tempo.

Por que justamente agora, a cerca de um ano das eleições, ele prefere ir pedir oração nas igrejas?

Lindbergh disse dias atrás, conforme publicou o Radar On Line da Revista Veja, sobre a sua preferência de visitar igrejas evangélicas ao invés da Católica:

"Na Igreja Católica, é diferente: você não fala. Já no templo evangélico, muitas vezes há 2.000, 3.000 pessoas. Onde mais o cara tem a possibilidade de falar para 3 000 pessoas assim?”

A estratégia desses candidatos NÃO evangélicos é ‘invadir’ as igrejas, pedindo oração. Mas o TRE não está dormindo e entende que tais "pedidos de oração” configuram-se, na verdade, como propaganda eleitoral extemporânea, contrariando assim o que estabelece a Lei Eleitoral 9.504/97.

Outros políticos também serão convidados para receber oração na igreja Assembleia de Deus Vitória Em Cristo ? Ou somente Lindbergh Farias.

Quando se aproximam as eleições, tudo é possível.

Em 2008, por exemplo, o ex-prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab  ajoelhou-se e se ‘converteu’ às vésperas das eleições municipais (no culto onde se ‘converteu’ teve até profecia para ele). Kassab foi ‘forçado’ a prometer que daria um culto de ações de graças, caso vencesse as eleições. Vieram as eleições, dias depois, e Kassab foi reeleito, mas não teve tempo de dar o prometido culto. Pelo contrário, alguns meses depois encontrou um tempinho para ir à Parada Gay. (Veja o vídeo da ‘conversão’ de Kassab).

Ex-prefeito Gilberto Kassab (SP) ajoelhado em 2008, quando era candidato à reeleição. Dias depois sua assessoria informou que a conversão foi apenas um ato simbólico

No mesmo ano de 2008, Fernando Gabeira  (favorável à liberação da maconha, à profissionalização da prostituição, ao ‘casamento’ de homossexuais  e ao aborto), candidato a prefeito aqui no Rio, foi a uma igreja evangélica receber uma oração.

Candidata ao Senado Federal, Marta Suplicy (PT), quando foi buscar uma oração em uma igreja evangélica em SP, em 2010Em 2010, quando era candidata ao Senado Federal, Marta Suplicy (PT) também foi em busca de oração, juntamente com Netinho (PCdoB), a sua esquerda, e Aluísio Mercadante (PT), a sua direita. Os dois estavam em atitude de reverência, enquanto Suplicy ficou de olhos bem arregalados na hora da oração. Quem sabe contando quantos votos podia obter dali!

Estamos nos aproximando de mais um ano eleitoral (2014) e muitos ‘Kassabs’, ‘Gabeiras’, ‘Lindberghs’ e ‘Martas’ irão em busca de uma oração e quiçá se converterão.

O crime eleitoral é inaceitável e um desrespeito aos cidadãos.

Oremos pelo pastor Malafaia e demais líderes para que vigiem e não caiam nas esparrelas preparadas.

HOLOFOTE nos que ‘buscam oração’  !!!

Fonte: Holofote.net

 

0.0
Última Modificação: novembro 05, 2013 09:48
Artigos Relacionados: Dom Odilo Scherer recebe título de Cidadão Honorário e é homenageado no Paraná Pastor Silas Malafaia afirma: 'Os Gays estão irados com Marina' Ministério Viva Adoração participou do 2º Adorai na Comunidade Makadesh Pastor Silas Malafaia critica postura de Dilma na entrevista ao Jornal Nacional Ministério Paz Sorocaba conquista Troféu de Ouro na Categoria Top 5 Nacional Ministério Nova Jerusalém anuncia título de seu novo álbum - Agora Sonho Culto de consagração do novo CD 'É Só Adorar' da Danielle Cristina Ministério Nova Jerusalém assina contrato com a MK Music Indicado ao Troféu de Ouro 2014, Ministério Paz Sorocaba grava matéria para o SBT Pr. Silas Malafaia ministra em conferência internacional nos EUA

Ainda não há comentários...

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.