Blog / News Fique por dentro das Novidades no Brasil e no Mundo

Diretores do IAP são investigados por esquema ilegal e associação criminosa

0 Comentários
196
15 Jun 2015

O Ministério Público do Paraná cumpriu 14 mandados judiciais de busca e apreensão em residências e escritórios de integrantes da direção do Instituto Ambiental do Paraná.

Entre os investigados estão o diretor-presidente, o diretor-jurídico, o chefe do Departamento de Recursos Ambientais e o ex-diretor regional do escritório de Paranaguá, além de um engenheiro florestal do IAP.

O grupo é investigado por participação num esquema ilegal de concessão de licenças ambientais e associação criminosa.

Na ação, coordenada pela Promotoria de Justiça de Defesa do Meio Ambiente de Paranaguá e pela Coordenação Regional da Bacia Litorânea, com apoio do Gaeco, foram apreendidos computadores, celulares e documentos.

Na casa de um dos investigados, foram apreendidos ainda 649 mil reais em dinheiro.

A Justiça também determinou o afastamento dos investigados das funções públicas que exercem junto ao IAP.

O diretor-presidente do Instituto conseguiu liminar cassando seu afastamento.

 

Os demais continuam afastados.

 

Fonte: Rádio Educadora

0.0
Última Modificação: -/-
Artigos Relacionados: Em fase da Lava Jato, PF faz busca e apreensão nas casas de Cunha Moto alteradas são recolhidas em Nova Santa Rosa Pai e filho são detidos por tentativa de homicídio em Novo Sarandi PF faz busca e apreensão na casa de Eike Batista Presidente e mais cinco diretores renunciam a cargos na Petrobras #BomDia - Louvor na `Prisão? Renascer Praise lança DVD Canto de Sião em sessão exclusiva no Rio de Janeiro Igreja Católica em Ipanema viveu momentos de tensão neste domingo Associação Brasileira de Mídias Evangélicas confirma participação na feira cristã Após pressão internacional, Sudão liberta cristã condenada a chibatadas
IAP Investigação Associação criminosa.

Ainda não há comentários...

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.